Plataforma Blogoosfero lançada no 3° Encontro Nacional de Blogueir@s

Do Blogoosfero

No segundo dia do Encontro Nacional de Blogueir@s que aconteceu nos dias 25, 26 e 27 de maio de 2012, em Salvador, foi lançado o Blogoosfero.

Blogoosfero é uma nova plataforma web, livre a autônoma, para que @s blogueir@s possam hospedar seus blogs com segurança, sem estarem atrelados a contratos e serviços com multinacionais do segmento. O conteúdo postado na nova plataforma, que tem toda sua tecnologia desenvolvida no Brasil, é de propriedade de seu autor e está protegido contra possíveis intervenções das grandes corporações e governos.

“Blogoosfero surgiu a partir de uma necessidade muita concreta d@s blogueir@s. Em 2010 tivemos muitos problemas com censura de blogs e os provedores comerciais não tem o menor interesse em ficar defendendo blogueir@s. Então discutimos nos Encontros Nacionais e Estaduais de blogueir@s a necessidade de ter uma blogosfera ‘blindada’, com plataforma própria, onde os conteúdos ali publicados e a tecnologia fossem nossos” disse Sérgio Luís Bertoni, de TIE-Brasil e presidente da Fundação Blogoosfero.

O Blogoosfero milita politicamente a favor d@s blogueir@s. Vários são os casos de blogs brasileiros hospedados em provedores estrangeiros que são retirados do ar sem aviso prévio. O Blogoosfero vem na contramão das restritivas políticas de privacidade e de propriedade do conteúdo difundidas pelos provedores estrangeiros e oferece aos blogueiros uma plataforma nova e moderna que visa também a proteção jurídica dos participantes. Caso algum blogueir@ seja acionado na justiça, seu blog só será retirado do ar se a decisão judicial em última instância for desfavorável ao blogueir@.

A plataforma é colaborativa, o que significa que os participantes podem opinar e melhorar sua usabilidade constantemente. Na Comunidade “Ajuda” do Blogoosfero os usuários podem postar suas dúvidas bem como acompanhar as respostas às questões mais frequentes. O Blogoosfero também conta com um sistema SAC em que @s blogueir@s poderão entrar em contato diretamente com os mantenedores do projeto para sugerir modificações e até mesmo fazer reclamações.

O Blogoosfero não é apenas uma plataforma para hospedar blogs, ele também é uma rede social, que busca integrar cada vez mais os usuários, trazendo uma nova concepção de rede social, as Redes Sociais Federadas. Nas redes sociais da era internet 2.0, um usuário precisa possuir um perfil em cada uma das diversas redes sociais existentes para poder se comunicar com seus amigos ali cadastrados, o que acaba gerando vários logins e senhas diferentes. No Blogoosfero, o usuário poderá se comunicar com todos os seus amigos e contatos em outras redes sociais sem precisar necessariamente fazer o login em cada uma delas. Poderá saber o que seus contatos estão fazendo sem precisar sair do seu perfil do Blogoosfero.

Outra novidade que a plataforma do Blogoosfero oferece a seus usuários está na possibilidade de espelhamento.

Se você já possui um blog hospedado em outra plataforma, poderá através do serviço RSS, espelhá-lo no Blogoosfero, ou seja, tudo o que você escreveu até hoje em seu antigo blog será publicado também no seu blog do Blogoosfero, criando uma espécie de backup de seus artigos. Caso aconteça alguma coisa com seu blog original (invasão, retirada arbitrária do ar, etc) todo o seu conteúdo está seguro e salvo no Blogoosfero.

O lançamento da nova plataforma contou com alguns apoios importantes como do presidente do IPEA – Instituto de Pesquisas Aplicadas, Márcio Pochmann, que criou seu blog pessoal no Blogoosfero e migrou o blog do instituto de um servidor estrangeiro para o Blogoosfero. “Devemos valorizar a tecnologia nacional” afirmou Pochmann.

De desenvolvimento genuinamente brasileiro, o Blogoosfero aponta para uma mudança no modo como o brasileiro utiliza as possibilidades e ferramentas da internet, preconizando uma real liberdade de expressão, pois para os idealizadores do projeto, não existe liberdade de expressão sem liberdade tecnológica. “Se você não domina as ferramentas de desenvolvimento, se você não é sequer detentor da tecnologia, ficará à mercê das grandes corporações, que lucram milhões de dólares com as informações que postamos teoricamente, de graça” alerta Vicente Aguiar, vice-presidente da COLIVRE e co-fundador do projeto do Blogoosfero.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 325 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: