Archive for abril 19th, 2011

19/04/2011

Se beber, não dirija!

vídeo indicado por Maria_Fro via twitter

19/04/2011

Aécio Neves mentiu ao país? A sua habilitação para dirigir foi reimpressa em 31/05/2010

Aécio Neves mentiu ao país?

A sua habilitação para dirigir foi reimpressa em 31/05/2010. Desta forma, a apreensão de sua carteira de motorista não se deu por estar vencida. Foi pela recusa em fazer o teste do bafômetro para medir seu nível de teor alcoólico.

A imprensa comeu esta mosca?

Registro RENACH: 007315220-30 (Nº CNH Nova – c/ Foto)
N.Prontuário: 23624685-2 (Nº CNH Antiga – s/ Foto)
Formulário RENACH: MG976859424
Nome do Condutor: AECIO NEVES DA CUNHA
Data Impressão: 31/05/2010

Av. João Pinheiro, 417 – Centro – Belo Horizonte/MG – CEP 30130-180

Confira!

Clique em:  https://wwws.detrannet.mg.gov.br/detran/conscnh.asp?IdServico=71

Preencha com os dados abaixo

Número da CNH 00731522030

Data de Nascimento 10/03/1960

Resultado

19/04/2011

Lula convoca Redes Sociais a participar dos debates sobre Reforma Política

A Reforma Política reuniu nesta segunda-feira, dia 18 de abril, no Instituto Cidadania em São Paulo, o ex-presidente Lula e uma comissão de dirigentes do PT.

Depois do encontro, Lula gravou um vídeo exclusivo para o Mobilização BR, falando que o debate será aprofundado quando se reunir com os partidos da base aliada para discutir o assunto, que é de fundamental importância para o avanço da democracia no Brasil.

Lula ainda convocou todos nas redes sociais a participarem desse debate colocando as suas opiniões e divulgando posicionamentos.

Então vamos ao Debate…

Equipe MobilizaçãoBR

Nosso facebook: www.facebook.com/mobilizacaobr
Nosso twitter: www.twitter.com/mobilizacaobr
Visite MobilizaçãoBR em: http://www.mobilizacaobr.com.

19/04/2011

Dia do Índio. Qual sociedade é composta por selvagens?

Do Blog do Sakamoto, sugerido por Cido Araujo

Criança branca pintada de índio em escola de classe média alta é hype. Criança índia desterrada esmolando no semáforo é kitsch. Índio só é fofo se vem embalado para consumo.

Hoje, 19 de abril, é Dia do Índio. Data boa para lembrar qual sociedade é, de fato, composta por selvagens. Vamos celebrar:

Dia do Índio se tornar escravo em fazenda de cana no Mato Grosso do Sul

Dia do Índio ser convencido que precisa dar sua cota de sacrifício pelo PAC e não questionar quando chega a nota de despejo em nome de hidrelétricas com estudo de impacto ambiental meia-boca

Dia do Índio armar um barraco de lona na beira da estrada porque foi expulso de sua terra por um grileiro

Dia do Índio ver seus filhos desnutridos passarem fome porque a área em que seu povo produziria alimentos foi entregue a um fazendeiro amigo do rei

Dia do Índio ser queimado em banco de ponto de ônibus porque foi confundido com um mendigo

Dia do Índio ser chamado de indolente

Dia do Índio ter ignorado o direito sobre seu território porque não produz para exportação

Dia do Índio ter negado o corpo de filhos assassinados em conflitos pela terra porque o Estado não faz seu trabalho

Dia do Índio se tornar exposição no Zoológico da maior cidade do país como se fosse bichinho

Dia do Índio ser retratado como praga em outdoor no Sul da Bahia por atravancar o progresso

Dia do Índio tomar porrada na Bolívia, no Paraguai, na Colômbia, no Peru, no Equador, no Chile, na Argentina, na Venezuela porque é índio

Dia do Índio ser motivo de medo de atriz de TV, que acha que um direito de propriedade fraudulento está acima de qualquer coisa

Dia do Índio entender que a invasão de nossas fronteiras é iminente e, por isso, ele precisa deixar suas terras para dar lugar a fazendas

Dia do Índio sofrer preconceito por seus olhos amendoados, sua pele morena, sua cultura, suas crenças e tradições

Enfim, Dia do Índio se lembrar quem manda e quem obedece e parar com esses protestos idiotas que pipocam aqui e ali. Ou será que nós, os homens de bem, vamos precisar de outros 511 anos para catequisar e amansar esse povo?

19/04/2011

É hoje o lançamento da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão


No Brasil, a lei que regula o rádio e a televisão é de 1962, quando a TV ainda era em preto e branco e o rádio era o principal veículo de comunicação do país. Código que regula as comunicações completará 50 anos.

A Câmara dos Deputados lança nesta terça-feira (19) a Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular. O evento ocorrerá no auditório Nereu Ramos, às 14 h, e terá a participação de parlamentares e representantes de entidades da sociedade civil que debatem o tema.

Para o deputado Emiliano José (PT-BA) , representante da bancada do PT na coordenação do colegiado, a frente terá como principal objetivo a defesa da democratização dos meios de comunicação do país.

“Apesar dos adversários da regulação da mídia nos rotularem de censores, o que queremos de fato e acabar com o monopólio na mídia brasileira. Defendemos a democratização da comunicação, através da aplicação de uma legislação que permita, entre outras questões, a ampliação do número de proprietários dos meios de comunicação existentes hoje no país”, defendeu.

Segundo Emiliano José, o Brasil deve seguir os mesmos passos de países como os Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Suécia, que, há anos, regulamentaram e democratizaram a comunicação em seus países, além de terem fortalecido o sistema público de comunicação. O parlamentar também defendeu a ampliação da produção de conteúdo regional e o respeito aos direitos humanos pela mídia. “O que defendemos é simplesmente a aplicação da legislação já prevista na Constituição do país sobre este tema”, afirmou.

O deputado lembrou ainda que a Frente Parlamentar realizará um profundo debate com toda a sociedade, sobre as mudanças propostas pelo colegiado, inclusive com a participação de representantes dos grandes meios de comunicação do país. “Espero que toda a sociedade participe das discussões sobre a democratização dos meios de comunicação no país, inclusive os proprietários de grandes empresas da mídia, que em outras ocasiões não quiseram debater o tema”, lembrou.

Emiliano José destacou que durante a 1ª Conferência Nacional de Comunicação, realizada e patrocinada pelo governo Lula, os grandes meios de comunicação do país se recusaram a participar dos debates sobre a democratização da mídia no país. O deputado fez ainda um alerta sobre a necessidade de se regulamentar a comunicação no Brasil, que, segundo ele, está ultrapassada, pois o último código que trata do setor é de 1962.

Postado originalmente por Blog do Celso Jardim no I Encontro de Blogueiros Progressistas de SP

19/04/2011

Banda larga é um direito seu

Reproduzimos artigo do site Campanha Banda Larga



Bandalargar from Pedro Ekman.

“Banda larga é um direito seu”

A banda larga no Brasil é cara, lenta e para poucos, e está na hora de pressionar o poder público e as empresas para essa situação mudar. O lançamento do Plano Nacional de Banda Larga em 2010 foi um passo importante na tarefa necessária de democratizar o acesso à internet, mas é insuficiente. O modelo de prestação do serviço no Brasil faz com que as empresas não tenham obrigações de universalização. Elas ofertam o serviço nas áreas lucrativas e cobram preços impeditivos para a população de baixa renda e de localidades fora dos grandes centros urbanos.

Enquanto isso, prefeituras que tentam ampliar o acesso em seus municípios esbarram nos altos custos de conexão às grandes redes. Provedores sem fins lucrativos que tentam prover o serviço são impedidos pela legislação. Cidadãos que compartilham sua conexão são multados pela Anatel.

É preciso pensar a banda larga como um serviço essencial. A internet é instrumento de efetivação de direitos fundamentais e de desenvolvimento, além de espaço da expressão das diferentes opiniões e manifestações culturais brasileiras por meio da rede.

Neste dia 25, vamos colocar o bloco na rua: juntar blogueiros, ativistas da cultura digital, entidades de defesa do consumidor, sindicatos e centrais sindicais, ONGs, coletivos, usuários com ou sem internet em casa, todos aqueles que acham que o acesso à internet deveria ser entendido como um direito fundamental. Nossa proposta é unir os cidadãos e cidadãs brasileiros em uma vigília permanente em defesa do interesse público na implementação do Plano Nacional de Banda Larga e da participação da sociedade civil nas decisões que estão sendo tomadas.

O lançamento nacional da Campanha “Banda Larga é um Direito Seu! Uma ação pela Internet barata, de qualidade e para todos” será feito em plenárias simultâneas em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Brasília, com transmissão pela Internet. O manifesto da campanha, a lista de participantes e o plano de ação estão no site: http://www.campanhabandalarga.org.br. Participe.

São Paulo SP) – 19h

Sindicato dos Engenheiros de São Paulo

Rua Genebra, 25, Centro (travessa da Rua Maria Paula)

Rio de Janeiro (RJ) – 20h30

Auditório do SindJor Rio

Rua Evaristo da Veiga, 16, 17º andar

Salvador (BA) – 19h

Auditório 2 da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia

Avenida Reitor Miguel Calmon, s/n, Campus Canela

Brasília (DF) – a confirmar

Balaio Café

CLN 201 Norte, Bloco B, lojas 19/31

Fica aqui a sugestão para que os movimentos e entidades que defendem a Liberdade de Expressão e a Inclusão Digital se juntem e promovam atividade congênere aqui no Paraná.

“Todos juntos somos fortes, não há nada a Temer”

%d blogueiros gostam disto: