O menino da devassa evita a derrama que fez Tiradentes perder a cabeça!

Em 1792, na data de 21 de abril era enforcado o dentista, tropeiro, minerador, comerciante, militar e ativista político Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, mártir da Inconfidência Mineira e Herói Nacional.

Conta-se que cansados dos altos impostos, dos demandos da coroa portuguesa  e, principalmente, da marginalização da elite local, alguns senhores da sociedade mineira se uniram em torno de ideais republicanos e independentistas em relação à coroa portuguesa.

O movimento teria início com uma insurreição no dia da derrama, uma medida administrativa que permitia a cobrança forçada de impostos atrasados e até mesmo,  se preciso fosse, confiscar todo o dinheiro e bens do devedor,  o que afetava diretamente o bolso das elites locais. Eram dívidas com o fisco acumuladas desde 1762!

Ao tomar conhecimento da conspiração, graças a delatores infiltrados no movimento insurreicionista, o Visconde Barbacena, governador de Minas, suspendeu  a derrama em 14 de março, esvaziando o movimento, e enviou Silvério dos Reis ao Rio para apresentar-se ao vice-rei, que imediatamente abriu  uma investigação (devassa).

Duzentos e dezenove anos depois um outro ilustre mineiro, menino de várias profissões e capacidades,  se dá bem com a devassa  e evita a derrama. De caneco cheio, sai pelas ruas do Rio de Janeiro e, parado à direção da cavalaria de um jipão anglo-indiano, nem preso é.

Mineiros, Rio de Janeiro, derramas, devassas e traições, unem séculos da história nacional.

Ah! se Tiradentes tivesse organizado a tchurma para tomar outras medidas, teria evitado a derrama e não teria perdido o pescoço!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: