Gilberto Carvalho garante Ana de Hollanda e diz que críticos “vão quebrar a cara”

Segundo ele, os quem pedem a demissão de Ana “vão quebrar a cara”

Da Redação do Brasil de Fato

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse nesta quarta-feira (11) à Agência Brasil que a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, não corre o risco de perder o cargo e que seus críticos “vão quebrar a cara”. Carvalho se reuniu com Ana no Palácio do Planalto, momentos antes da entrevista.

“Vão quebrar a cara aqueles que querem fazer uma instabilidade naquele ministério ou que querem fazer a mudança da ministra. Quem muda ministro é a presidenta da República e ela está plenamente confiante no trabalho da ministra”, disse Carvalho.

A ministra, que confirmou receber “equivocadamente” diárias de viagens sem compromisso oficial, tem sido criticada por movimentos culturais que apontam retrocessos nas políticas da pasta, como a revisão da Lei do Direito Autoral, o atraso nos repasses de convênios, sua ligação com a atual gerência do ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) e a retirada do selo Creative Commons do site do ministério.

No entanto, segundo Carvalho, a presidenta Dilma Roussef não pensa em troca de ministros e já indicou apoio irrestrito à Ana de Hollanda. “Começou-se a divulgar histórias de que a ministra estava para cair ou estava insegura. O que eu disse para a ministra é que, em nenhum momento, pensaram ou pensam em enfraquecê-la, em fritá-la ou removê-la. Ao contrário. Há uma confiança total da presidenta no trabalho, no projeto que a ministra Ana está desenvolvendo no ministério”, afirmou.

 Na última terça-feira (10), o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) anunciou que conseguiu as 27 assinaturas necessárias para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ecad. O órgão que é o responsável pela arrecadação e distribuição dos direitos autorais, conta com o apoio político da ministra, e foi denunciado pelo jornal O Globo em um esquema de repasse irregular de verbas. Artistas ainda denunciam que a cúpula do Ecad defende mais os interesses das multinacionais que da classe artística.

 com informações da Agência Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: