Título afirma o que conteúdo não confirma. Assim é a imprensa “imparcial” e “livre”

Artigo publicado pelo Valor Econômico em 21 de julho de 2011 nos deixou uma dúvida.

Quem estará mentindo?

Sim, pois o título da matéria afirma algo que o conteúdo da mesma não confirma.

Os distintos representantes do poder público afirmam que tudo está acertado, pois já deram para a AmBev tudo que podiam dar. Mas a culpa não é deles. É da guerra fiscal que existe no Brasil.

Confira o texto do Valor Econômico e tire suas próprias conclusões:

Ambev avança nas negociações para construir fábrica no Paraná

Cynthia Malta | De São Paulo
21/07/2011

A Ambev, a maior fabricante de cerveja do país, avançou ontem no plano de construir uma fábrica para produzir cerveja e refrigerante no Paraná. O projeto prevê investimentos de cerca de R$ 200 milhões e deve gerar 500 empregos diretos.

Em reunião realizada ontem entre executivos da Ambev e representantes do governo do Paraná, ficou acertado que será feito um protocolo de entendimento em breve. “Ainda não está acertada a cidade, mas Ponta Grossa tem 90% de chance”, disse o secretário da Fazenda do Paraná, Luiz Carlos Hauly, referindo-se ao município a cerca de 100 km ao norte de Curitiba, capital do Estado.

Hauly disse que a alíquota de ICMS, de 29%, não está sendo reduzida – um pleito de várias empresas -, mas está sendo negociada a postergação do seu pagamento, que pode ir além de um ano. “Nós temos mecanismos legais para manter e atrair empresas. Infelizmente, há guerra fiscal no país”, diz Hauly. “Nós fizemos uma excelente reunião e já está decidido que aceitaremos o pleito da Ambev”, observou Hauly.

O secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional de Ponta Grossa, João Luiz Kovaleski, diz que a Ambev já selecionou quatro terrenos, de 1,5 milhão de metros quadrados cada um. O benefício fiscal oferecido é de isenção de IPTU, por 10 anos. Procurada pelo Valor, a Ambev não confirmou as informações. Esclareceu que “não há nada fechado.” A Ambev tem 34 fábricas no país.

Fica a pergunta:

– Quem falta com a verdade?

– AmBev? Governo Estadual? Governo Municipal? O Valor? Todos? Ninguém?

Este artigo parece mais uma peça de propaganda eleitoral antecipada. Parece que preparam terreno para um certo candidato, de um certo partido…

Essa é a “imparcialidade” da imprensa brasileira.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: