MDS e ASA divulgam notas sobre parceria no programa “Um Milhão de Cisternas”

Na terça-feira (13), o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA) divulgaram notas em suas páginas oficiais na Internet nas quais se manifestam sobre os termos da parceria entre ambos para a construção de cisternas.

Na nota, a ASA diz que o governo quer romper a parceria. Já o MDS, também por nota, diz não haver ruptura. O título da nota da ASA é: “Decisão do MDS pode levar ao fim o Programa Um Milhão de Cisternas”. Já o título da nota do MDS é: “MDS reafirma que não há ruptura de parceria com a ASA”.

O Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) tem acompanhado de perto o assunto. Órgão consultivo da Presidência da República, o Consea é constituído em 1/3 por representantes do governo federal e em 2/3 por representantes da sociedade civil.

No Consea, o MDS exerce a Secretaria Executiva, enquanto a ASA é uma das entidades da sociedade civil com representação no Conselho. São, portanto, dois integrantes do Consea.

O presidente do Conselho, Renato S.Maluf, tem mantido contato permanente com representantes da ASA e do MDS. “A nossa intenção é contribuir”, afirma ele. “Nós reconhecemos o Programa de Cisternas como uma iniciativa exitosa para a segurança alimentar no semiárido brasileiro”, conclui.

Outras informações sobre o assunto podem ser encontradas nos sites das duas instituições: www.mds.gov.br e www.asabrasil.org.br.

Clique aqui para ler a nota da ASA.

Clique aqui para ler a nota do MDS.

Fonte: Ascom/Consea

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: