Por que os que defendem o status-quo, a miséria e a injustiça no Brasil estão nervosos?

A resposta é simples: a medida que o CNJ – Conselho Nacional de Justiça – se consolida como orgão de controle do judiciário, aumenta o número de juízes investigados. Hoje, há 1.710 juízes sob suspeita, segundo informações que são transmitidas pelos próprios tribunais ao CNJ. Eram 693 investigações, em 14 de novembro de 2011!!!

Isto quer dizer que em pouco mais de um mês o número de juízes investigados pelos tribunais do país aumentou em mais de 1 mil.

Por isso, a turma que defende o status-quo, a miséria e a injustiça no Brasil busca de todas as formas e em todos os poderes da República, diminuir o papel do CNJ e transformá-lo na caricatura da caricatura de um orgão externo de controle do judiciário.

Leia também Juízes e jornalistas: o Brasil dos intocáveis

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: