CPI do caso Derosso fará sessão extraordinária às 18h

Por Redacao Blog Lado B

Depoentes que se negaram a falar deverão ser ouvidos nessa ocasião. Cerca de 1.500 manifestantes ocuparam o pátio da Câmara pela manhã.

Foto: Divulgação.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de Curitiba, que investiga as denúncias de improbidade administrativa por parte do presidente João Cláudio Derosso (PSDB), especificamente a partir de dois contratos de publicidade que somam mais de R$ 30 milhões, fará uma sessão extraordinária hoje, às 18h, para ouvir os funcionários da Comissão de Licitação da Casa. Na reunião desta manhã, eles se negaram a depor, alegando que já teriam prestado informações ao Conselho de Ética e que o que os vereadores querem saber já se encontra disponível no relatório dessa audição. O vereador Pedro Paulo Costa, integrante do PT na CPI, considerou o comportamento dos depoentes, no mínimo, como uma afronta. “É um absurdo e demonstra uma estratégia de se empurrar com a barriga o andamento da CPI, postergando ao máximo as investigações”, disse.

O vereador do PT também reclamou que os parlamentares da oposição estão investigando, lendo todos os documentos, fazendo enfim a parte deles, mas que a tomada de fato dos depoimentos é prejudicada com esse tipo de manobra. “Se continuar nesse ritmo, precisamos reavaliar para não compactuarmos com alguma espécie de teatro que possa estar se montando em torno da CPI”, desabafou. As explicações esperadas por parte dos funcionários da Comissão de Licitação teriam o poder de elucidar os trâmites do processo licitatório dos contratos investigados.

Convite ao TCE

Um grupo de manifestantes do movimento pela cassação de Derosso permanece na Câmara em vigília, para acompanhar a sessão plenária e também a reunião extraordinária da CPI. Na reunião da manhã foi aprovado um convite a um conselheiro do Tribunal de Contas, órgão de origem das denúncias contra Derosso, que possa discorrer sobre informações técnicas a respeito dos dois contratos que estão no alvo das investigações. O que o TCE já levantou? Quais as dúvidas quanto às denúncias de irregularidades? Que análise o TCE já faz desses dois contratos de publicidade? São alguns dos questionamentos que motivaram o convite, adianta o vereador Pedro Paulo.

.
Confira reportagem da RPC TV:

Protesto quer cassação do mandato de Derosso

Fonte: Blog LadoB

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: